Deputado Jesuíno Boabaid propõe homenagem ao servidor Lenilson de Sousa Guedes

De autoria do deputado Jesuíno Boabaid (PMN), o Projeto de Decreto Legislativo concederá Título Honorífico de Cidadão do Estado de Rondônia ao servidor da Assembleia Legislativa, Lenilson de Sousa Guedes, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao Estado. 

Nascido em Campina Grande (PB), Lenilson é formado em Letras, Inglês e suas Literaturas, Comunicação Social e pós-graduação em Metodologia do Ensino Superior, casado com Ana Lucia Corrêa Crispim Guedes e pai de sete filhos, Nathassia Maria de Freitas Guedes, Nathiele Maíra de Farias Guedes, Nathalia de Melo Guedes, Henrique Lennon Farias Guedes, Amanda Caroline Corrêa Guedes, Allana Julia Corrêa Crispim Guedes e Pedro Henrique Corrêa Crispim Guedes. 

Aos 18 anos, se alistou para servir o Exército Brasileiro, na 5ª Companhia de Infantaria em Campina Grande. Após a baixa do Exército, foi a São Paulo para realizar teste na Rádio Clube de Santo André e entre os 10 classificados para locutor noticiarista ficou em 3º lugar. 

No início da década de 80, ao retornar para Campina Grande, assistiu nas emissoras de rádio e televisão o que chamou de “grande estalo de vida”. Era a chamada para os que quisessem vir para Rondônia, o novo eldorado do Brasil. 

Já em Rondônia, iniciou sua trajetória trabalhando na Empresa Brasileira de Notícias a Voz do Brasil (EBN), como chefe da administração local e locutor para as emissoras de rádio do Estado. Paralelamente era copy desk do Jornal O Estadão do Norte e locutor da Rádio Eldorado do Brasil, sendo âncora do Grande Jornal da Manhã. 

Lenilson Guedes também atuou nas rádios Caiari e FM Parecis, nas transmissões de todas as eleições para vereador, prefeito, deputados federais e estaduais, senadores e governadores realizadas desde 1982, até os dias atuais. 

Foi apresentador nas redes de televisão Manchete (RBN), Bandeirantes (TV Meridional) e Record (Sistema de Imagem e Comunicação), trabalhando também como locutor noticiarista na Rádio Caiari por 18 anos ininterruptos apresentando o Jornal de Integração de Rondônia. 

O comunicador noticiou ao público rondoniense os mais importantes fatos quando tudo ainda era precário, sempre à frente dos grandes eventos estaduais, entre as quais, a criação do Estado de Rondônia, posse dos primeiros parlamentares estaduais, inauguração da BR 364, entre outros. 

Em 1982, foi convidado pelo coronel EB Lauro Magalhães para conhecer as dependências e a estrutura da Polícia Militar do Estado de Rondônia. A partir daí, passou a fazer a assessoria de Comunicação da Organização Militar. Com o passar do tempo, e já tendo deixado a Empresa Brasileira de Notícias, a Voz do Brasil, foi efetivado na Assessoria de Comunicação da Polícia Militar, sendo porta voz da instituição desde 15 de março de 1987, até a data atual. 

“O homenageado, pessoa pública e querido por todos, principalmente por seus companheiros da área de comunicação, preenche todos os requisitos para ser merecedor da comenda proposta, de forma a reconhecermos os serviços prestados na área da comunicação em Rondônia”, confirmou Jesuíno Boabaid.

Rondônia Porto Velho Segurança Pública Bombeiro Militar Polícia Militar

Postagens Relacionadas